Topo
Ju Ferraz

Ju Ferraz

Categorias

Histórico

De Caicó para o mundo: Rosman Braz conta como ter sucesso como maquiador

Ju Ferraz

17/07/2018 11h29

Rosman Braz é um alquimista. Maquiador de algumas das mulheres mais lindas e especiais de São Paulo – Donata Meirelles, Cris Tamer, Isabella Suplicy e Lalá Rudge, entre elas – ele ganhou fama com sua arte com corretivos, blush, sombras, primer e assim por diante. Atento ao desejo das clientes e olhar antenado com as principais novidades do mercado no quesito beleza, ele, além de deixar as peles perfeitas, dá uma injeção de autoestima em quem senta em suas cadeiras. Filho de pai comerciante e de mãe dona de casa, o profissional nasceu em Caicó, pequeno município localizado a 252 quilômetros de Natal, no Rio Grande do Norte, e desde criança já sabia o que queria ser na vida. Mesmo com todo o universo conspirando contra seu desejo de ser maquiador.

"Quando minha mãe ia ao cabeleireiro eu ia com ela, e tudo aquilo, quanto ao cabelo e maquiagem, era um diamante aos meus olhos. Na escola sempre sentava atrás de alguma menina de cabelo comprido para fazer tranças ou penteados", lembra, se divertindo. Chegar aonde ele chego não foi fácil, mas ninguém disse que a vida é fácil, né? Como bom taurino, ele não desistiu. "Meus pais não queriam, mas como a teimosia reina, eu fui atrás. Mesmo assim, até hoje, tenho orgulho de toda a minha trajetória". Para entender melhor esse caminho e descobrir os segredos de uma boa maquiagem, chamei-o para uma conversa íntima e pessoal, que vocês podem conferir aqui embaixo.

Ju Ferraz: Como você começou a se apaixonar por maquiagem? Conta um pouco da sua história

Rosman Braz: Desde criança. Quando minha mãe ia ao cabeleireiro eu ia com ela, e tudo aquilo, quanto ao cabelo e à maquiagem era um diamante aos meus olhos. Na escola sempre sentava atrás de alguma menina de cabelo comprido para fazer tranças ou penteados. E sempre era chamado atenção por algum professor (risos). Foi difícil, mas divertido. Já sabia desde criança inconscientemente que tudo isso já fazia parte da minha vida. Eu sou o filho caçula de cinco irmãos, no interior do Rio Grande do Norte, numa pequena cidade que eu amo, Caicó, e como bom taurino teimoso, fui em frente. Meus pais não queriam, mas como a teimosia reina, eu fui atrás… Mesmo assim, até hoje, tenho orgulho de tudo isso.

Ju Ferraz: Aonde você ainda quer chegar? Quais seus sonhos?

Rosman Braz: Uma pergunta muito interessante… Sempre estou em busca de desafios, no conhecimento pessoal e profissional. E isso me torna e me tornou um homem, um maquiador que foca cada vez mais no que eu quero… O meu maior sonho é fazer uma escola profissionalizante para aqueles que sempre sofreram preconceitos seja lá qual foi , dentro desse universo de beleza que amo muito. Onde eu possa contar o que vivi e passar isso para o mundo.

Ju Ferraz: Quais os maiores erros que uma maquiagem pode ter?

Rosman Braz: Os excessos … Toda make em excesso trás um efeito rebote. Ou seja: o excesso de brilho acentua linhas de expressões, o excesso de base deixa a pele pesada e por aí vai.

Ju Ferraz: Quais as dicas infalíveis de maquiagem?

Rosman Braz: O menos sempre é mais .. sou muito a favor de uma pele bem cuidada, linda e homogênea. Ou seja, a dica perfeita é fazer com a mulher que está na sua cadeira se sinta ela mesma, seja com um make natural, ou um pouco mais acentuado, sexy , ousado. Mas que ela se olhe no espelho e fale:" Uau! Estou maravilhosa"

Ju Ferraz : Como é sua relação com suas clientes? Como se aproximar sem se intrometer, como mostrar seu ponto de vista sem se impor?

Rosman Braz: Sempre pergunto, em primeiro lugar, o que ela não gosta. Aprendi que através disso eu consigo ter uma ideia do que ela gosta . Sempre respeito esse limite. Pois o que mais quero é que ela se sinta feliz.

Ju Ferraz: O que acha de todo mundo se definir maquiador hoje em dia com videos no YouTube e tutoriais?

Rosman Braz: Isso é algum muito forte. Sou de uma outra época. Estudei no Senac e fiz outros vários cursos. Mas sou super a favor desta nova onda autodidata, pois a lei é universal e o dom é algo que Deus deu a cada um de nós. Minha única questão é que as redes sociais, às vezes, dão a impressão que qualquer pessoa pode virar maquiador. E ninguém vira maquiador, você nasce com esse desejo. É um pouco difícil falar isso, pois é uma profissão de arte, de amar o conjunto, de escutar a cliente, de estudar os formatos de rostos etc . E isso, as redes sociais não mostram.

Ju Ferraz: Qual a importância da maquiagem em tempos em que as mulheres se empoderam também a partir do não-uso de maquiagem, assumindo sua beleza real?

Rosman Braz: No mundo real, onde se fala de beleza , de make , toda mulher se apaixona, ama e vive sempre com algum ítem na bolsa relacionado à make . E isso faz com que a make torne o ponto número um de cada mulher, para se sentir segura, mais bonita, mais feminina. Até mesmo sendo o menos possível ela não vive sem.

Ju Ferraz: Quais os produtos que são essenciais na sua maleta?

Rosman Braz: Demaquilante, primer, base, corretivo, sombras em tons terrosos, pincéis, pó, máscara de cílios, batons – um vermelho, rosa e nude – lápis marrom e um preto, blush , e um bronze powder e iluminador. O suficiente para começar . E ser um sucesso

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

A baiana Ju Ferrazcomeçou a carreira em Salvador como assessora de imprensa, até migrar para São Paulo, onde trabalhou em diversas empresas de comunicação, criando produtos editoriais exclusivos, projetos especiais de cross media e produção de eventos. Atualmente é diretora comercial, novos negócios e de relações públicas da Holding Clube. Mais do que uma executiva competente, com anos de experiência nas mais diversas plataformas, Ju é a mulher real que não tem medo de se jogar de cabeça em novos projetos e novas ideias ou de expor suas fraquezas. E mais: está longe de se transformar em uma figura idealizada descolada da realidade.

Sobre o blog

Um espaço para pensatas, conversas, divagações e troca de experiências sobre o que é ser mulher nos dias de hoje.